Um dos pontos menos positivos nas máquinas Tesla é a qualidade de construção. Contudo, a empresa fabricante de carros elétricos tem melhorado substancialmente. Apesar do Model 3 estar já com alguns aspetos de construção corrigidos, ainda são muitos os pormenores que os proprietários apontam como defeitos “infantis”. O caso que está agora a ser mostrado é um exemplo claro que há ainda muito para melhorar.

Qual será a sensação de, em pleno andamento, perder o enorme vidro do tejadilho? Provavelmente não saberá, mas há um condutor que já sabe.

Tesla sem Tejadilho de vidro

Tesla Model 3 perde o tejadilho em plena viagem

A história partilhada nos canais que seguem o desenvolvimento da Tesla aconteceu de verdade e até tem testemunhos do próprio visado. No caso, como poderão ver, o carro ficou bastante mal tratado, perdendo o tejadilho, uma lâmina de vidro que tem um tamanho significativo no Model 3.

Estava a conduzir para ir trabalhar num turno no sábado de manhã – 14 de março – na US-29 N. As estradas estavam relativamente vazias e eu estava com um pouco de pressa, então coloquei o carro no modo de condução standard e acelerei dos 113 km/h até cerca 145 km/h rapidamente. Foi quando ouvi um estalo alto e comecei a sentir o ar ao redor da minha cabeça pouco antes do viaduto de Broken Land Parkway.

Referiu o proprietário do elétrico, Ameya Amritwar.

Conforme podemos ver nas imagens, o carro ficou bastante mal tratado. O problema poderá estar relacionado com a pressão que o vidro estaria a receber pelo desalinhamento das portas. Aliás, é um problema que muitos outros proprietário já sentiram, as janelas laterais estilhaçam sem razão aparente.

 

Condutor demorou a perceber o insólito acidente no seu Tesla

Naquela situação, o condutor demorou uns segundos a perceber o que lhe havia acontecido. Depois do estrondo tentou parar num local seguro e perceber os danos.

O homem ligou então para a marca que, pela descrição, não acreditou que um Tesla pudesse ter este tipo de problema.

Depois de encostar à esquerda, saí imediatamente do carro. A minha maior preocupação era o vidro na cadeira de bebé. No geral, havia apenas alguns fragmentos de vidro muito, muito finos, mas não eram grandes pedaços afiados. Tentei entrar em contacto com a emergência da Tesla e obtive uma resposta após 25 minutos. Eles então disseram-me que o dano que descrevi era “improvável que tivesse acontecido dessa maneira” e que não estava coberto. Em vez disso, deram-me o preço do reboque – 195 dólares, para ser específico. Escolhi ligar para o meu seguro.

Segundo as suas palavras, durante a viagem não se apercebeu de nada de anormal. Alguns “palpites” de seguidores do homem no Facebook apontaram para uma possível pedra que tivesse danificado, mas ele afirmou que nada ouviu. Para ser algo que causasse tal estrago, o impacto de uma pedra seria certamente audível.

Conforme podemos encontrar na web, há vários relatos de colocações de vidros defeituosos, há relatos da estrutura desalinhada que pode estar a forçar o vidro, e isso poderá ajudar a explicar o acontecido. O vidro usado é resistente, algo que batesse poderia provocar um dano localizado, mas daí até desaparecer por completo, é uma outra história.



Fonte: Vítor M.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.